Gestão

10 provas de que reforma de restaurantes pode alavancar vendas

Um dos maiores desafios das empresas na atualidade é aumentar suas vendas. Mas, você sabia que é possível fazer isso investindo na reforma e na decoração? Saber ambientar os restaurantes, cuidar da mobília, dos espaços, escolher a cor adequada e até investir na música certa podem fazer uma grande diferença no seu lucro.

No post de hoje, você vai aprender que a decoração pode alavancar suas vendas. Vamos apresentar 10 evidências sobre isso. Quer conhecer cada uma delas? Então, acompanhe a leitura!

1. Invista na reforma do ambiente

Segundo a arquiteta Cris Paola, uma boa localização das pistas de serviço, bem refrigeradas e iluminadas, aliadas a um bom layout e distribuição de mobiliário que facilite a circulação no ambiente, serão fatores diferenciais no estabelecimento.

Você deve dar ao cliente a possibilidade de escolher entre uma variedade de ingredientes e apresentações para que cada prato tenha um toque pessoal dos alimentos. Isso irá aumentar a sensação de exclusividade e aumentará suas vendas por impulso”, explica.

2. Dê destaque aos itens produzidos no estabelecimento

Se você tiver itens adicionais de venda como produtos produzidos no estabelecimento ou itens tipo bombons, chicletes etc, utilize a técnica de crosselling, aonde você agrupa itens afins e correlatos para que o cliente consuma e alavanque suas vendas”, orienta Cris.

De acordo com a arquiteta, nunca se deve colocar os produtos de mais saída a 2 metros de acesso da loja. “Neste espaço, o cliente ainda não está conectado com seu estabelecimento e o que você quer vender. Por isso, ele não irá perceber seus produtos”, enfatiza.

3. Mostre as promoções e os lançamentos dos produtos

Em relação as promoções, a arquiteta diz que tanto elas, quanto os lançamentos dos produtos devem ser expostos nas áreas onde há maior fluxo de pessoas. “Normalmente em um food service as proximidades do caixa são bem adequadas. Agora, se tem algum produto que queira vender mais, deixe-o entre a altura das mãos e a altura dos olhos do seu cliente, de maneira que ele tenha acesso a tocá-lo e a levá-lo para o consumo. Isso também irá impulsionar sua venda”, completa.

4. Tenha um fundo musical adequado no ambiente

A quarta evidência apontada por Cris é em relação a música do ambiente. Um fundo musical torna o espaço mais descontraído e pode até colaborar para transmitir uma personalidade ao negócio.

Para estabelecimentos temáticos, você pode tirar proveito da música. Um exemplo disso seria um restaurante mexicano. Você pode colocar músicas mexicanas mais tranquilas tipo lounge”, orienta.

5. Tome cuidado com a acústica

No entanto, ao pensar na música é importante não se esquecer da acústica. “É insuportável um ambiente com muito ruído. Por isso, verifique se o volume do som não está muito alto para que seus clientes possam conversar e não se sintam atordoados. Também é necessário não deixar baixo demais de maneira que ele não seja percebido. Afinal, aqui o que vale é o bom senso!”, diz.

6. Escolha cores adequadas e aumente o apetite dos seus clientes

A cor é uma realidade sensorial, segundo os estudos de psicologia, à qual não podemos fugir. Além de atuarem sobre a emotividade humana, elas produzem uma sensação de movimento, uma dinâmica envolvente e compulsiva. “As maiores redes de “Fast Food” se utilizam das cores vermelho e amarelo, assim como a maioria dos restaurantes e churrascarias, pequenas lanchonetes e pastelarias”, lembra Cris.

De acordo com a arquiteta, utilizar as cores certas na reforma atrai os clientes e traz a sensação de fome. “Já existe uma tendência de inovação onde as cores frias passam a ser utilizadas em conjunto com as quentes, como matizes de verdes para disponibilizar ao cliente um ambiente mais confortável e tranquilo, além da associação dessas cores a produtos mais naturais”, enfatiza.

7. Decore com mobílias e objetos que tem a ver com a sua marca

Outra evidência apontada pela arquiteta é em relação a mobília do espaço. Para ela, é preciso inserir na reforma do ambiente itens que dão mais personalidade ao negócio. “Móveis, quadros, cores, objetos de decoração, louças e afins, tudo isso deve possuir a identidade da sua marca”, afirma.

8. Tenha cuidado com o tamanho do espaço

Quem tem um restaurante ou padaria não deve se esquecer do tamanho do espaço quando pensar na reforma do ambiente. Para Cris, é preciso estar atento ao espaçamento mínimo para ter uma circulação confortável, principalmente entre mesas e cadeiras.

9. Cuide da iluminação

Cuide da iluminação de modo que após a reforma ela não perca seu objetivo. Desta maneira, todos de forma inclusiva poderão prestigiar seu negócio”, conclui a arquiteta.

10. Tenha uma boa comunicação visual

Já dissemos aqui no blog que ter uma boa comunicação visual fará toda a diferença no seu negócio. Além das cores certas, você precisa “falar com o cliente”, ou seja, ter uma bela fachada e que expresse com criatividade e clareza a sua marca.

Viu como uma boa reforma e a decoração correta podem ajudá-lo a alavancar as vendas do seu negócio? Agora que você já sabe, que tal colocar em prática algumas das nossas dicas? Gostou do conteúdo? Compartilhe em suas redes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *