Marketing

Acessórios para café: melhore a experiência do seu cliente

Atualmente, é cada vez mais fácil os consumidores de café encontrarem cafeterias dos mais variados estilos e tamanhos. A Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) estima que existam cerca de 3,5 mil cafeterias espalhadas pelo Brasil, das grandes franquias aos pequenos empreendimentos.

Sejam charmosas, modernas, rústicas, grandes ou pequenas, o fato é que os proprietários destes estabelecimentos precisam de meios para se destacar da concorrência.

Nesse sentido, o uso de acessórios para cafeterias, tanto na hora da decoração quanto na variedade de opções para os clientes são fundamentais para deixar o ambiente mais aconchegante e atrair mais público.

Entendendo o conceito de uma cafeteria

Antes de você montar ou reformar a sua cafeteria, é preciso entender o conceito deste estabelecimento de alimentação fora do lar, pois isso te ajudará na hora de incluir uma boa decoração e o uso de acessórios para cafeterias.

Um café (nome popular da cafeteria) é um conceito de restaurante, mas que não oferece serviços à mesa (com algumas exceções). Ou seja, os clientes fazem seus pedidos no balcão e seguem aos seus assentos. No menu oferece-se tradicionalmente as opções de cafés, além de outras bebidas, como chás e sucos, além de comidas rápidas, como salgados, pães de queijo, sanduíches e tortas.

Esse conceito, por si só, já oferece pistas de como deve ser o ambiente: de fácil circulação, com assentos confortáveis e com uma iluminação e acessórios para cafeterias que proporcionem um devido “acolhimento” do cliente. Afinal, o cafezinho é a hora do descanso, da descontração e até mesmo, ambiente para rápidas reuniões de trabalho.

Por isso, é necessário sempre haver um limite na hora da escolha de decoração.

“Quando o conceito do seu negócio se perde no ambiente algo deve estar errado. Um cliente dizendo algo como: ‘Entrei neste local achando que é uma autoescola ou loja de decoração’, tem que deixar você bem preocupado”, explica Marco Amatti, consultor e CEO da Mapa Assessoria, que complementa:

“A decoração deve refletir o desejo/conforto/aspiração do público, que eventualmente pode ser o dos proprietários. É certo que muitas vezes o toque pessoal pode trazer uma pessoalidade que atrai o público, mas infelizmente muitas vezes o excesso pode atrapalhar. Um estudo anterior (geomarketing), pesquisas e conhecimento sobre o local podem compor diferenciais na escolha da decoração implementada”.

Dicas de acessórios para cafeterias aconchegantes

Para te ajudar, a seguir eis algumas dicas de acessórios para cafeterias baseadas nos 7 elementos da decoração (mesas e cadeiras, balcão, pavimento, paredes, fachada, iluminação, armários e prateleiras):

  • Invista em cadeiras confortáveis, e se tiver espaço, também acrescente poltronas. Os materiais devem ser resistentes (esqueça cadeiras e mesas de plástico) e que ajudam a compor o ambiente, como madeira e metal, por exemplo.
  • Piso de madeira, ou que imita madeira, é uma boa pedida para deixar a cafeteria mais aconchegante.
  • Armários e prateleiras são fundamentais para expor produtos e objetos de decoração. Prefira os de madeira ou os que combinem madeira com metal. Esqueça armários e prateleiras de vidro.
  • Capriche na fachada. Mantenha a pintura em dia e escolha um letreiro e, se puder, um toldo, que combine com o conceito escolhido.
  • As paredes devem ser pintadas com cores que vão de encontro às características do estabelecimento e de seu público-alvo. Também vale a pena acrescentar papel de parede, quadros e gravuras que tenham a ver com a temática da sua cafeteria (por exemplo, se ela tiver um conceito retrô). Também capriche na escolha dos revestimentos.
  • Cuidado com a iluminação: o ideal é que ela seja suficiente para a visualização do ambiente, mas não excessivamente branca, por exemplo. Quanto mais direcionada e suave, mais aconchegante será a cafeteria.
  • Os balcões não precisam ser, necessariamente, iguais. Vale a pena brincar com cores e texturas para diferenciar as finalidades de cada balcão (por exemplo: o balcão para os clientes, o balcão do Caixa, etc.).

A última dica também é importante: sempre contratar bons profissionais para a decoração e estar atento ao mercado.

“Sempre contrate bons profissionais da área e leve em consideração o público-alvo da cafeteria. E caso o proprietário não tenha recursos para contratar esse serviço, uma dica é visitar muitos negócios com o conceito que ele deseja, além de frequentar feiras do setor e se planejar. Copie o que considerar adequado e adeque o que não deve ser copiado. Aja com muita empatia e mente aberta”, finaliza Amatti.

Gostou das dicas? Separamos outro post especial com mais dicas de como organizar o layout da sua cafeteria. Leia atentamente e tenha sucesso em sua cafeteria!

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *