Gestão

Entenda a importância do seguro para restaurante

Se você é proprietário de restaurante ou padaria precisa ficar atento em relação a um assunto importante: o seguro para restaurante. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, o Brasil possui mais de 16 milhões de empresas ativas. Dessas, menos de 20% contam com seguro destinado ao seu setor de atuação.

No entanto, quando o assunto são bares e restaurantes, o número é ainda menor: o percentual de empresas seguradas é de apenas 10%. Entretanto, é essencial que você como proprietário de restaurante entenda a importância do seguro. Quer saber o porquê? Acompanhe a leitura!

Por que contratar?

Segundo o superintendente de ramos elementares da Porto Seguro, Jarbas Medeiros, o seguro para restaurante é importante porque gera tranquilidade para os empresários, funcionários e clientes.

A existência de coifa, fritadeira, botijão de gás e outros utensílios de cozinha em operação aumentam o risco de incêndio nesse tipo de negócio. Por isso, além de proteger o estabelecimento, o seguro cumpre sua função social ao permitir o restabelecimento da operação e isso envolve manter empregos e honrar compromissos assumidos com fornecedores e prestadores”, afirma.

Quem também considera o seguro importante é o gerente de seguros PME da AIG Brasil, Cristian Achurra. De acordo com ele, a contratação do seguro para restaurante é fundamental, pois há vários riscos que envolvem a continuidade dos negócios.

Atualmente, percebemos que o pequeno e médio empresário têm profissionalizado seu negócio e um aspecto importante é saber mitigar os diversos riscos envolvidos. Seguros empresariais para bares e restaurantes contam com coberturas específicas para restaurantes, choperias, buffets, pizzarias, bares, botequins, lanchonetes e pastelarias”, explica.

De acordo com Achurra, há cobertura desde incêndios, quedas de raios e explosões até roubo e furto qualificado de bens e roubo de clientes e visitantes do estabelecimento. “É possível estender a cobertura, inclusive, para a proteção contra reclamações decorrentes a danos causados aos clientes por alimentos e bebidas consumidos”, enfatiza.

Quais são os benefícios?

Assistência 24 horas

Algumas empresas especializadas em seguro para restaurante oferecem assistência 24 horas. “Essa assistência inclui chaveiro, encanador, eletricista, reparos em ar condicionado, reparos em bebedouros e nas portas de aço onduladas, limpeza de caixa d’água, segurança e vigilância em caso de sinistro, entre outros”, diz Medeiros.

Segundo ele, os segurados também contam com vantagens e benefícios que geram economia como descontos da locação de veículos, transportadoras e prevenção de incêndios.

Equilíbrio financeiro

De acordo com Achurra, a própria contratação do seguro já pode ser um sinalizador de ações preventivas que podem ser tomadas. “Na eventualidade de um sinistro, o seguro pode significar o equilíbrio financeiro ou a remedição dos danos, permitindo, a continuidade do negócio e mais facilidade na reparação de danos a terceiros.”

Contratar um seguro para restaurante tem as seguintes vantagens:

  • Contratação de vários locais em uma única apólice;
  • Desconto para estabelecimentos com sistema de alarmes monitorados;
  • Desconto para estabelecimentos em shoppings centers;
  • Pagamento facilitado.

Quais os futuros problemas que o seguro pode evitar?

Falência do estabelecimento

A existência de um seguro para restaurante pode até evitar a falência de uma empresa, dependendo da gravidade e da extensão dos danos causados por um sinistro”, afirma Medeiros.

Segundo ele, há empresas que garantem o patrimônio e danos provocados por terceiros, como acidentes ocorridos com funcionários durante o período de trabalho ou acidente de clientes dentro da instituição.

Danos à empresa

A contratação do seguro pode ser personalizada de acordo com a necessidade do segurado. Somente a cobertura básica é obrigatória, que garante proteção contra danos por incêndio, explosão, implosão e fumaça, onde quer que tenham se originado”, enfatiza Medeiros.

De acordo com ele, são mais de 20 opções de coberturas adicionais, entre elas: danos elétricos, vendaval, danos a vidros e espelhos instalados em janelas, vitrines, balcões, além de louças e porcelanas, responsabilidade civil por fornecimento de bebidas e alimentos, que cobre as despesas por danos materiais ou corporais a terceiros por consumo de alimentos no local e subtração de bens e valores que amparam também os bens e valores de clientes em caso de arrastão.

Perda de ponto comercial

O seguro para o restaurante oferece cobertura de perda de ponto comercial. “O seguro cobre as despesas para aquisição de um novo ponto comercial, em decorrência de incêndio, explosão ou fumaça limitados a 10% do limite máximo de indenização da garantia de despesas fixas”, informa Medeiros.

Prejuízos financeiros

O seguro protege a saúde financeira do estabelecimento, inclusive, a continuidade dos negócios diante de eventuais problemas. Segundo ele, isso é possível uma vez que o seguro oferece coberturas específicas para esse segmento de negócios, como por exemplo:

  • Roubo e Furto de Clientes e Visitantes: amparo para roubo e/ou furto qualificado de objetos de uso pessoal dos clientes que estejam em seu porte ou sob a guarda do estabelecimento;
  • Deterioração de Mercadorias: o seguro garante a perda de mercadorias e matérias-primas ocasionadas pela ruptura ou quebra da parte de sistema da refrigeração; falta de energia decorrente de acidente, queima de motor nas instalações do segurado ou da concessionária de energia (por 24 horas consecutivas);
  • Danos elétricos: garante que os prejuízos causados nas máquinas, equipamentos, instalações elétricas ou eletrônicas devido a variações de tensão, curto circuito, descarga elétrica sejam sanados;
  • Cobertura de Incêndio: proteção contra as avarias, perdas e danos materiais de origem súbita, imprevista e acidental em decorrência de incêndio, queda de raio e explosão;
  • Roubo de Valores no interior do Estabelecimento: evita prejuízos causados pelo roubo ou furto qualificado de valores ocorrido dentro do local segurado, estando dentro ou fora do cofre;
  • Perda ou Pagamento de Aluguel: cobre a despesa com o aluguel que o segurado tiver que pagar (a terceiros), caso tenha que alugar outro prédio em razão de um sinistro coberto.

Como escolher o seguro para cada tipo de estabelecimento?

É primordial ter o seguro adequado para garantir a continuidade das atividades da empresa em casos de incidentes. Para contratar uma apólice com coberturas e limites adequados para a empresa é importante consultar um corretor de seguros que poderá auxiliar o cliente sobre as coberturas e limites dimensionados para o seu risco.

Na opinião de Cristian, para escolher o seguro ideal é importante o contratante conhecer o seu negócio quando se fala de riscos. “Um bar ou restaurante pode apresentar diversas nuances que exigirão uma ou mais apólices específicas. Neste contexto, é importante contar com corretores especializados, que entendem o produto e os detalhes do negócio e sua operação, para que possam fazer a análise do perfil e as necessidades do cliente”, finaliza.

Viu como o seguro para restaurante é importante? Agora que você já sabe, que tal fazer o seguro do seu estabelecimento? Pense nisso e tenha sua empresa protegida contra diversos danos! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *