Inovação

5 tecnologias para otimizar o atendimento no seu restaurante

A transformação digital está revolucionando o mercado food service. Os empreendedores têm à disposição uma série de sofisticados softwares, que são pensados e desenvolvidos especialmente para atender ao perfil e porte do estabelecimento.

Confira agora 5 soluções de automação que ajudam na otimização do atendimento de estabelecimentos de alimentação fora do lar.

1: Cardápio digital

No cardápio digital, todo menu pode ser acessado por meio de dispositivos móveis e apresentam a descrição completa dos pratos e das bebidas, bem como dos ingredientes utilizados.

Nele também é possível ampliar a experiência oferecendo a possibilidade de sugerir harmonizações, dicas de acompanhamentos e também colocar os textos em outros idiomas.

O cardápio digital também pode ser disponibilizado em placas nas mesas, em displays, em porta-guardanapos e até em bolachas de chopp, tudo graças à tecnologia do QR Code, que é um tipo de código que permite que o cliente visualize o cardápio em seus smartphones e tablets.

2: Comanda eletrônica

A comanda eletrônica substitui o tradicional modo como os garçons anotam os pedidos dos clientes no papel. Com essa tecnologia, que utiliza dispositivos móveis, ele registra mais facilmente os pedidos com alguns toques na tela, e ainda tem acesso ao que tem no cardápio e pode fazer customizações caso o cliente solicite.

3. Terminal de autoatendimento

Já é crescente o número de estabelecimentos pelo mundo que substituíram todo o tradicional atendimento ao cliente pelos terminais de autoatendimento, para se dedicarem apenas à produção dos pratos, agilizando o serviço.

Na prática, o cliente chega no estabelecimento e com um cartão de chip escolhe o pedido, faz o pagamento e aguarda a entrega.

4: Integração com sites, aplicativos e pedidos online

Nessa tecnologia, o cardápio digital é disponibilizado no site do estabelecimento ou no aplicativo para que o cliente faça o pedido delivery, ou, ainda, agendar um horário para retirada ou aguardar a chamada em uma praça de alimentação, por exemplo.

5: Cook Chill

A tecnologia também chega na forma de preparo dos pratos, cujo método é cozinhar os alimentos embalados a vácuo em baixas temperaturas por um tempo maior do que o convencional e sem a interferência do fogo.

Para isso, normalmente utiliza-se um equipamento chamado de termocirculador, que mantém a umidade, o sabor e as características nutricionais do alimento, se feitos da maneira correta.

Em seguida ao cozimento, os alimentos são resfriados rapidamente, preservando as propriedades, o sabor e a qualidade.

Os alimentos, consequentemente, podem ficar armazenados diretamente onde serão servidos.

mkt-digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *