Especialistas, Inovação

6 previsões de tendências de alimentos para 2019

Editores veteranos da NRN apresentam suas principais previsões para o setor. Confira!

Tendências de alimentos para valorizar seu cardápio

Sobremesas terão um toque “mais saudável”

As pessoas adoram obter permissão para comer o que amam, e assim uma variedade de superalimentos adocicados está chegando aos menus. Isso inclui a linha de hummus de sobremesa, e alfajores sem glúten – um tipo de sanduíche de biscoito.

Hu Kitchen, um restaurante rápido e casual focado em comida saudável em Nova York (o “Hu” é pronunciado como “Ru”), tem um “Mashbar” inteiro onde os convidados podem montar seu próprio doce saudável ou encomendar pratos curados, como o Taro Trouble No-Yo feito com granola sem grãos, pudim de taro, frutas silvestres (orgânicas, claro), manga e quinoa orgânica, ou o Bonita, que tem manteiga de amêndoa, granola sem grãos, creme de caju e morangos orgânicos.

Produção de café frio 

O café produzido frio veio para ficar, e provavelmente se tornará muito mais difundido em 2019. Muitos consumidores gostam de sua suavidade, seu gostinho de chocolate e sua doçura implícita, e os fabricantes descobriram como fazer um produto muito consistente e entregá-lo em barris ou concentrado em restaurantes, bares e cafeterias.

Mas alguns aficionados por café estão revidando, reclamando que a bebida gelada – feita com a imersão de grãos moídos em água fria por 16 horas ou mais – não extrai adequadamente os sabores mais característicos do café de qualidade, deixando o terroir para trás nos grãos. Acrescente a essas novas máquinas que podem resfriar rapidamente o café quente a qualquer temperatura que os operadores gostem, e você tem uma alternativa conveniente que, dizem os detratores da produção fria, permite que o café seja servido frio e rapidamente, sem diminuir a qualidade.

O leite de aveia será a alternativa de laticínios quentes

Sem laticínios, sem nozes, possivelmente sem glúten (dependendo de onde a aveia é processada), este substituto do leite está atraindo os fãs com sua textura mais cremosa do que a maioria de suas contrapartes. Ele também tem mais proteína do que leite de nozes (mas menos que leite de soja ou leite real) e mais fibras do que qualquer um deles. O leite de aveia está se tornando mais comum em cafés.

Cervejas Lagers receberão amor de novo

Talvez tenha sido a cerveja amarga que levou os amantes da cerveja artesanal e os produtores ao limite – que os fez dizer: “Sabe de uma coisa? Pode ser bom ter uma cerveja que eu não tenha que pensar muito para aproveitar. ” Talvez as bombas e as infusões de lúpulo infectadas com bactérias não sejam as únicas e absolutas quando se fala sobre grãos de malte fermentados.

Hoje em dia, os cervejeiros artesanais estão falando de cervejas lagers limpas e saborosas.

Os consumidores americanos nunca se afastaram muito das lagers. Apesar do rápido crescimento da indústria da cerveja artesanal em geral e da Índia, as cervejas artesanais do mercado nacional de cerveja são apenas cerca de 12,7% em volume e 23,3% em dólares, segundo a Associação de Cervejarias [Brewers Association], órgão de comércio de embarcações cervejeiras independentes.

Agora, essas cervejarias independentes estão se voltando cada vez mais para o que é indiscutivelmente a cerveja mais difícil de produzir bem. Lagers não têm muitos lúpulos aromáticos ou florais para se esconder atrás e não podem ser adoçados com malte extra. Eles precisam ser equilibrados e fáceis de beber. Um número crescente de cervejeiros artesanais está experimentando isso – alguns fazem isso há anos – e os consumidores provavelmente responderão.

Nós temos beterraba: Esse vegetal estará em toda parte

A beterraba está surgindo com tudo (ou criando raiz, digamos assim) em uma vasta seleção de cardápios. Enquanto belas beterrabas rubi causam uma impressão indelével, as beterrabas douradas também estão se tornando o centro das atenções.

A beterraba também faz parte do atual movimento vegetal (pense em “espaguete e almôndegas de beterraba”) com seus atributos cor de sangue.

Por mais enraizadas que sejam, a beterraba também pode ser elegante. Em uma cúpula recente do chef em Monterey, na Califórnia, organizada pela Cooperativa Markon e pelo Conselho Mushroom, a beterraba roubou o show com bolsas que lembram o mundo glamoroso da alta gastronomia dos anos 80 com um olhar voltado para a sustentabilidade, sólidos planos futuros dos chefs de cozinha.

Além disso, as beterrabas em forma líquida estão adicionando seu sabor terroso em sucos e smoothies, capazes de ficar salgados ou misturar-se com componentes doces como banana ou leite de amêndoa com baunilha.

Algas Marinhas se popularizarão nos Estados Unidos

Restaurantes asiáticos e europeus se acostumaram a ver algas marinhas – ou vegetais do mar, como também são conhecidas – em seus menus mais refinados, e os clientes dos EUA estão começando a aproveitar essa onda de popularidade.

O consumo de algas marinhas está crescendo 7% ao ano nos Estados Unidos, de acordo com James Griffin, professor associado da Johnson & Wales University.

“Algas do mais alto nível cresceram rapidamente nos últimos 10 anos – e nos últimos três incrivelmente rápido”, diz o educador da Universidade de Providence, R.I., em uma audiência da NRA Show em maio.

“É uma bomba umami”, comenta Griffin. “O segredo por trás de tudo isso é que tem um alto nível de ácido glutâmico, que está no realçador de sabor MSG [glutamato monossódico], e é encontrado em uma forma natural em quase todas as algas.” As algas também incluem sal marinho natural, disse ele, assim como outros minerais.

As algas podem ser adquiridas frescas ou secas, sendo a versão seca a mais comum. Cerca de 90% das algas marinhas consumidas nos Estados Unidos são importadas da Ásia. Elas são altamente sustentáveis, com o período de cultivo típico de seis a oito meses realizado sem fertilizantes, pesticidas, herbicidas ou rações.

“Este artigo consta originalmente no portal www.NRN.com, que faz parte do Grupo Informa. Ele pode ser lido na íntegra e sem edições no canal de conteúdo da NRN”

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *