Gestão

Alimentos regionais: como inseri-los em seu cardápio

Servir alimentos regionais é uma boa dica para quem deseja um restaurante diferenciado. Os alimentos brasileiros dão um sabor especial à comida e não importa se o seu restaurante é nacional ou estrangeiro. O importante mesmo é escolher bem os alimentos e caprichar na criatividade do seu cardápio.

Por isso, para que você aprenda como servir alimentos regionais em seu estabelecimento, preparamos este post. Nele, daremos algumas dicas que você pode aplicar em seu dia a dia, para ter um empreendimento de muito sucesso. Quer conferir tudo isso em nosso artigo? Acompanhe a leitura!

Como servir alimentos regionais

Heloisa de Melo é responsável pelo Siman Café & Gastronomia. A casa tem como especialidade a comida árabe, mas também prepara receitas com alimentos regionais brasileiros. Entre os pratos típicos estão os quibes (assado, cru ou frito), esfirras, shawarmas, pastas e abobrinha recheada.

E é no almoço que Heloisa surpreende os clientes. Pois na refeição mais importante do dia, os consumidores conferem o escondidinho de carne-seca, os charutos de couve ou repolho ou o pê-efe de frango, arroz, feijão e farofa.

Para ela, a dica é ter cuidado com a higiene, conservação e preferir os alimentos frescos. Você também pode seguir as seguintes sugestões da empresária:

Conservar os vegetais

No caso da couve e de outras verduras, o importante é lavar e secar as folhas para que elas durem 5 dias na geladeira. Dessa forma, é possível servir alimentos regionais crocantes e saborosos.

Ter cuidado com o leite e os derivados

Heloisa serve a coalhada seca. De acordo com ela, o alimento é feito de um dia para o outro para estar fresco e saboroso. “Não fazemos com o leite de caixinha, sempre utilizamos o leite fresco”, ressalta. A coalhada também é uma boa opção para servir alimentos regionais.

Sirva alimentos orgânicos

Outro tipo de alimento que é valorizado é o regional orgânico. No restaurante de Heloisa é servida a berinjela do babaganush e ela é orgânica. Pensar nos alimentos livres de agrotóxicos é uma tendência, pois os consumidores buscam alimentos saudáveis.

Como valorizar o cardápio com alimentos regionais brasileiros

Apesar do empreendimento de Heloisa ser voltado à culinária árabe, os ingredientes são 100% brasileiros, o que difere são apenas as especiarias. E essa é uma forma de valorizar os alimentos regionais.

Outro bom exemplo de como servir alimentos regionais e valorizar o cardápio são os restaurantes de Minas Gerais. Cada região do Estado tem sua identidade gastronômica.

Segundo a especialista em gastronomia, Nathalia Nascimento, no norte de Minas, valorizam-se as frutas do cerrado como o pequi. Já nas regiões central e Zona da Mata, a couve e o quiabo são os alimentos regionais mais apreciados.

De acordo com Heloisa, um dos pratos mais saborosos do restaurante é o Charuto. “Ele é feito com a folha de couve e recheado com composto de cebola, tomate, arroz e carne moída, um prato com produtos bem brasileiros”, ressalta.

Já Nathalia diz que alguns restaurantes paulistas que ela atende, usa a mandioca (aipim) como prato chefe da casa. “Dá para fazer pastel de aipim, escondidinho, croquete, caldo de mandioca com carne seca, quibebe de mandioca e até lasanha”, lembra.

Cuidados com o preparo

Para Heloisa, a higiene é importante. De acordo com ela, o restaurante tem que ter a higiene como uma das suas principais preocupações. “Tudo que preparamos em nosso restaurante é com excelência em higiene e carinho da nossa família para os nossos clientes”, revela.

Também é importante:

Descongelar apenas o alimento que será utilizado

Descongele apenas o alimento que irá cozinhar no dia. Dessa maneira, você garante a qualidade dos pratos.

Lavar os alimentos em água corrente

Segundo Nathalia, alimentos como a mandioca devem ser lavados com a casca e em água corrente.

“Lave a mandioca e tire toda a terra. Desta forma, é mais fácil descascá-la e prepará-la. Depois, passe a faca no meio do pedaço de mandioca e retire aquela espécie de linha. Lave bem as mãos sempre que cozinhar e proteja-as com luvas se for o caso”, orienta.

Cuidados com o armazenamento 

Limpe os locais que você guarda os alimentos

Os locais onde os alimentos são guardados devem ser limpos no mínimo duas vezes na semana. A despensa deve ser totalmente esvaziada e limpa com um pano úmido com detergente. Em seguida, deve-se passar um pano seco. A limpeza é essencial em qualquer restaurante.

Adquira alimentos regionais orgânicos

A vida útil de cada vegetal varia de acordo com a quantidade em sua composição, aditivos químicos, colheita, armazenamento e manuseio. Por todos esses motivos, o ideal é adquirir alimentos orgânicos. Eles custam mais, porém tem boa qualidade nutricional e durabilidade.

Como escolher os alimentos para valorizar o prato

Heloisa diz que em seu restaurante, para servir os alimentos regionais e ao mesmo tempo elevar o valor dos pratos, a preferência é pelos alimentos frescos. Em seguida, são os alimentos refrigerados e orgânicos.

Já em relação aos alimentos mais práticos de serem utilizados, Heloisa serve o arroz, a lentilha, a carne moída e as verduras para comporem as saladas. Portanto, para você servir alimentos regionais basta conhecer os sabores do Brasil e escolher aqueles que dão um toque especial em cada prato.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *