Bebidas

Aposte em harmonizações para servir espumantes aos seus clientes

É possível saber quais espumantes apresentam sabores mais doces ou frutado. E isso é essencial para saber qual vai melhor com pratos principais, sobremesas e petiscos e, assim, realizar a harmonização ideal para os seus clientes.

A primeira “categoria” de tipos de espumantes – a doce – está relacionada à presença de açúcares. Nela, aparecem os tipos Nature, Extra Brut, Demi-Sec e Doce, sendo o Nature mais seco e o Doce, como o próprio nome já diz, aquele que possui mais açúcar e é o mais indicado para acompanhar sobremesas.

No caso dos espumantes mais secos, como o Nature, o Brut e o Extra Brut, o frescor e a potência, ou seja, a acidez, predominam. Justamente por não serem doces, eles trazem frutas e leveduras que são bastante versáteis para fazer as harmonizações.

O Demi-Sec tem frutas mais maduras, mas ainda não tão doces. Ele costuma ser uma excelente opção para quem não está acostumado com os vinhos secos ou para quem gosta de doces que não são tão doces.

Os espumantes Doces são conhecidos como os “vinhos de sobremesa”. Esse espumante costuma a agradar os mais diferentes paladares e são uma excelente escolha, inclusive, para receitas que levam bebidas.

O Cava é um espumante espanhol que vai muito bem com comidas típicas da região. Assim como o Champagne, ele pode ser produzido com os métodos Champenoise ou Tradicional.Vale dizer que as uvas utilizadas em sua fabricação devem ser originárias de vinhedos autorizados, tais como as brancas Macabeo, Xarel.lo, Parellada, Malvasía, Chardonnay, ou as uvas tintas, Garnacha, Monastrell, Pinot Noir e Trepat.

Por fim, os espumantes Blanc e Blanc Noir fazem referência ao tipo de uva contida em sua composição, significando uva branca e uva tinta, respectivamente.

raio-x-vinho

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *