Fispal Foodservice faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Obtenha melhores preços negociando com as importadoras de vinho

Obtenha melhores preços negociando com as importadoras de vinho

O conhecimento técnico e burocrático em importações não é o único ponto de atenção que o varejista deve ter ao elaborar uma estratégia sólida e correta para comercializar os produtos nas gôndolas do seu ponto de venda.

Como já mencionamos, as importadoras, em si, desempenham papel determinante nesse cenário, o que evoca a importância em saber lidar com os seus parceiros comerciais. Assim, a transparência e objetividade em expor os seus objetivos é crucial para que o importador entenda as suas necessidades e o papel que deseja desempenhar no mercado.

Com essa troca de informações, já se estabelece a premissa básica para a mútua compreensão entre as partes envolvidas. Entretanto, outros aspectos determinantes para negociar qualitativamente com as importadoras de vinho precisam ser observados.

“Em matéria de negociação, é fundamental demonstrar que há entendimento sobre os processos de comércio internacional, assim como demonstrar que a sua empresa possui plano de negócios, de forma que a demanda por produtos será crescente no médio e longo prazo. Informação e conhecimento sobre a importação são importantes para a negociação, pois além de possibilitar a compreensão das questões burocráticas pode fundamentar a forma de comunicação com os fornecedores”, destaca a representante da IBSolutions, Laura Torres.

Dessa forma, o varejista, ainda que conte com o auxílio de uma empresa especializada para facilitar o ingresso e manutenção de sua presença no ramo, também deve absorver o conhecimento para aplicá-lo em suas relações comerciais que, direta ou indiretamente, vão impactar o sucesso de sua jornada na importação de vinhos.

Isso tudo amplia e evidencia o quanto as empresas, hoje em dia, não devem se limitar às frias e distantes relações com os seus fornecedores e com as importadoras. “O relacionamento com as importadoras não deve ser desenvolvido num mero sentido de compra e venda, mas no desenvolvimento de uma parceria.

Ao proporcionar um cenário em que ambos os lados vão ganhar, o fornecedor poderá dar abertura para novas oportunidades”, indica Laura, que apresenta três conveniências dessa relação positiva:

  1. Apresentação de preços especiais;
  2. Possibilidade de proporcionar a padronização de produtos;
  3. Flexibilização na quantidade de produtos, bem como os prazos por pedido.

raio-x-vinho

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar