Fispal Foodservice faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

tendência em vinhos argentinos

Tendência em vinhos argentinos movimenta o mercado

De acordo com um estudo da Organização Internacional da Vinha e do Vinho, a Argentina pode registrar um aumento de 25% neste ano. E esse número não é à toa: o país é um gigante na produção de vinhos, afinal, a sua geografia, condições naturais e história privilegiadas permitiram que a Argentina se tornasse o quinto maior produtor mundial da bebida.Mesmo com tanta tradição, o país ainda está em uma fase de descobertas e o varejo de vinhos provenientes do país promete apresentar rótulos de alta qualidade e um excelente diferencial competitivo para quem deseja trabalhar com essas marcas!

Condições favoráveis para a produção de vinhos argentinos

O clima do país é essencialmente seco, fazendo com que o surgimento de pragas seja dificultado e, com isso, não seja preciso utilizar tantos agrotóxicos quanto em outras regiões. Em contrapartida, a grande maioria das produções de vinho argentinas precisa de um sistema de irrigação.No entanto, é importante dizer que a água argentina é bastante pura, uma vez que a maioria de seu fornecimento vem do derretimento de neve da encosta das montanhas.Outra condição natural que conta muitos pontos a favor dos solos argentinos é a extensão continental. As mais variadas altitudes e condições de solos abrem caminho para diferentes produções e, consequentemente, qualidades de vinhos.Por fim, as altas altitudes de algumas regiões do país permitem o cultivo e a produção de vinhos em baixas temperaturas, tornando-os mais frescos e leves.

As apostas em vinhos argentinos para 2018

Em um país tão rico geograficamente, quais seriam as grandes apostas para o varejo de vinhos para 2018? De acordo com o enólogo João Carlos Pinheiro ou Tuty, nota-se uma forte tendência para os Vinhos de Autor e de vinhedo único."Depois de consagrar um novo estilo de vinho, o Malbec Argentino, as vinícolas de pequeno e médio porte, que funcionam como um side line para Enólogos e Agrônomos dos grandes produtores, são a grande aposta. Nelas, a experimentação é livre e os resultados são ótimos. Produzem cortes e varietais de diversas castas, destacando-se a Cabernet Franc e a Semillon", diz o enólogo.Em relação ao cultivo, é importante que os produtores comecem a explorar as pequenas regiões dentro daquelas já conhecidas para que o varejo de vinhos argentino seja levado a outro patamar. Encontrar microclimas e solos é o que fará toda a diferença para produzir rótulos de qualidade excepcional ao que já é feito atualmente.

Como fortalecer o varejo de vinhos com estes rótulos

Com tantas oportunidades, variedade e alta qualidade dos vinhos argentinos, essa é uma ótima oportunidade para fortalecer o varejo de vinhos e, inclusive, atrair mais consumidores aqui no Brasil."A melhor forma de incentivar o consumo é por meio de degustações orientadas. Um bom modelo a ser seguido é o adotado pela Wines of Portugal, que investe, inclusive, na formação de especialistas de seus vinhos, os famosos Embaixadores do Vinhos Português", recomenda o enólogo Tuty.

Também é importante ter em mente que o brasileiro tem um gosto diferente dos argentinos, dando preferência a aromas florais e a vinhos que não tenham amargor.Por isso, o ideal é começar a introduzir a bebida respeitando essa característica e trazendo, primeiro, os rótulos mais adocicados e florais, como o Malbec.

raio-x-vinho

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar