Gestão

Consumidor busca alimentos saudáveis em restaurante

Os consumidores estão cada vez mais exigentes com a alimentação e dispostos a desembolsar um pouco mais para que esta seja saudável e natural.

A nutricionista e responsável técnica do Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) da Sodexo Benefícios e Incentivos, Kimie Ueta Sakotani, revela que o número de adeptos de uma alimentação saudável cresce a cada ano e, com isso, o faturamento de empresas que atuam com os nichos do segmento de alimentos naturais e saudáveis também aumenta. Só em 2016, no Brasil, o setor faturou R$ 93,6 bilhões, sendo 12,3% a média de crescimento ao ano no país – frente a 8% da média de crescimento em outros países.

O Brasil é o 5º país no ranking mundial desse segmento e o nicho de orgânicos é o que teve maior crescimento em cinco anos (18,5%).  Ao compreender a situação atual deste mercado, seu público-alvo, perfil dos consumidores e as características que eles valorizam, a especialista em nutrição afirma que é possível que as empresas pensem em estratégias e criem novos negócios neste segmento – além de cardápio saudável.

“O recente Relatório Brasil Food Trends 2020 selecionou uma lista de características que os consumidores mais valorizam nos produtos, dentre as quais, podemos destacar: produtos benéficos voltados para desempenho físico e mental, saúde cardiovascular e gastrointestinal, dietas restritivas e para alergias alimentares, alimentos funcionais ou isentos ou teor reduzido de sal, açúcar e gorduras, dentre outros”, relata Kimie.

Já dentre as inúmeras oportunidades de negócios com alimentos saudáveis e naturais, a nutricionista disse que o Relatório destacou:

  • a venda de refeições prontas e saudáveis ou saladas em potes separados;
  • a comercialização de comida congelada que pode ser focada para alimentação em casa ou no trabalho;
  • o delivery ou pacotes de assinatura para frutas e verduras;
  • as lojas próprias ou específicas para alimentos naturais e;
  • lojas do tipo açougue vegano, dentre outros.

O que fazer para agregar valor ao cardápio saudável?

Inclua produtos naturais frescos

Conforme orienta Kimie, a inclusão de produtos naturais frescos é uma das dicas para agregar valor ao menu do restaurante e oferecer um cardápio saudável aos clientes. O proprietário do restaurante também pode ofertar pequenas porções no menu, de forma gradual e avaliar a receptividade dos clientes.

Prepare os pratos de várias maneiras

O tipo de preparo do alimento é muito importante e influencia no cardápio saudável. O preparo dos pratos saudáveis pode ser alterado aos poucos com opções para assados, ensopados e grelhados, bem como, de receitas regionais. Tudo isso são alternativas simples e que tornam o menu do restaurante um cardápio saudável.

Use temperos naturais

Outra dica da nutricionista é usar temperos naturais. Alguns exemplos seriam: manjericão, cebolinha, salsinha e outros que podem trazer o frescor e realçar o sabor da comida.

Oferte um alimento saudável

De acordo com Kimie, a adoção crescente de uma alimentação saudável modifica e diminui o número de pessoas que são afetadas por algumas doenças crônicas não transmissíveis (na maioria dos casos), como hipertensão, diabetes, e entre outras. Por isso, é importante oferecer um alimento saudável sempre que puder.

Agora que você já sabe que o cardápio saudável é uma tendência dos restaurantes, que tal preparar seu estabelecimento para essa mudança? Siga as nossas dicas e faça seu empreendimento ser reconhecido como um espaço que promove a saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *