Marketing

Embalagem para viagem: requisitos básicos

As embalagens para viagem em bares e restaurantes devem atender algumas características que além de conservar o alimento, também proporcione praticidade e uma boa experiência de uso ao cliente.

Confira agora as quatro principais características de uma embalagem para viagem mais indicada para estabelecimentos de alimentação fora do lar.

1: Praticidade

Embalagens que são difíceis de serem abertas ou que prejudicam o consumidor na hora de comer o alimento certamente somarão pontos negativos para o estabelecimento.

Ao escolher a embalagem para viagem que você vai oferecer ao cliente, considere como requisito fundamental a praticidade, a facilidade e o prazer da refeição que o cliente terá.

2: Proteção

Embalagem boa é aquela que protege a comida de qualquer interferência que o meio pode causar ao produto. Adquira embalagens que fecham e lacram muito bem os alimentos (mas que ao mesmo tempo sejam fáceis de serem abertas).

O material também deve ser resistente a líquidos, umidade e não amassar com facilidade – preservando, desse modo, todas as qualidades organolépticas do alimento.

3: Sustentabilidade

O chamado consumo consciente está cada vez mais em vigor na sociedade atual; isso significa que todos os processos do seu estabelecimento devem ser escolhidos com base nesse consumidor cada vez mais preocupado e atento ao consumo de produtos e serviços que estejam em conformidade com esses valores – incluindo a embalagem. Então, por mais bonita que ela seja, é preciso se pensar em como será descartada e que impacto isso trará ao meio ambiente.

4: Material ideal

Outro requisito básico para uma embalagem de food service é a escolha do material mais apropriado para conservar o alimento da melhor maneira possível.

Se a refeição servida for fria – como é o caso de saladas, sushis e outros alimentos – escolha embalagens de plástico que são extremamente higiênicas e cumprem a função de proteger a comida.

Se for servir alimentos quentes, como frituras e pizzas, escolha embalagens de isopor que mantém o calor, não deforma a comida com a temperatura e evita que as pessoas se queimem ao segurar a embalagem.

Vale lembrar que toda inovação, mesmo em se tratando de novas embalagens, deve ser feita dentro dos requisitos estabelecidos pela legislação e pelas normas técnicas. Dessa forma, você garante a continuidade de uma marca de credibilidade e segurança para os clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *