Fispal Foodservice faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

gestao-pessoas

Faça bem feito da primeira vez

Melhore seu processo seletivo e evite contratações ruins

Já ouvi muitos gestores dizendo para suas equipes “Faça bem feito da primeira vez, assim não terá que fazer de novo”, mas será que esses gestores seguem o próprio ensinamento?

Como é a sua equipe? Já teve problemas com funcionários alguma vez? Quanto isso lhe custou em tempo, dinheiro e frustração?

A indústria de alimentos e bebidas é conhecida pelo seu alto turnover e muitos simplesmente aceitam essa informação como uma verdade absoluta e acha que é “normal”, mas afinal de quem é a responsabilidade desse entra e sai de funcionários?

SUA!

Já perdi as contas de quantos donos de restaurante que conheci que sua primeira e mais enfática reclamação foi sobre os funcionários.

“O pessoal parece que não pensa no que faz”

“Meu garçom não sabe vender nada no cardápio”

“Eu já nem entro mais na cozinha para não me estressar”

“Motoboy então... nem converso”

Sabe de onde todos esses problemas vêm? De você! Você entrevistou, contratou e em tese deveria ter treinado, não importando se o funcionário contratado tinha experiência de trabalho. O sucesso ou fracasso do seu negócio está com as pessoas que estão no seu time de trabalho, você proprietário ou gestor do negócio, deve escolher essas pessoas de forma inteligente e ainda as acompanhar e treinar constantemente. Como fazer então essa gestão de pessoas?

Identifique a sua necessidade

Aquela pessoa que acabou de sair e que estava em uma vaga “x” realmente é a função que você precisa agora? Essa é uma oportunidade para você reavaliar o fluxo de trabalho ou talvez valorizar algum membro existente na sua equipe. Lembre-se também de colocar na sua avaliação os seus planos de crescimento e expansão caso tenha algum.

Tenha uma descrição de cargo atualizada

É incrível a quantidade de restaurantes que não tem essa ferramenta. Uma descrição de cargo bem feita é algo simples porém muito eficiente para o início de todo processo seletivo. Evite descrições genéricas ou “emprestadas” de outros negócios, use verbos de ação para descrever detalhadamente as funções e ainda deixar claro expectativas, metas e responsabilidades.

Seja criativo no anúncio da vaga

Pense naquela pessoa ideal para essa vaga e como você pode fazer para ela se interessar na sua empresa. Use de benefícios que sua empresa pode oferecer ou mostre o quão interesse é o seu ambiente.

Tenha um plano para o processo seletivo

Coloque no papel todas as etapas desde a criação da vaga até a efetivação do funcionário novo. Onde serão divulgadas as vagas, como o candidato pode se inscrever, quantas entrevistas serão necessárias, quais são as pessoas envolvidas no processo. Deixe tudo isso muito claro por escrito, mantenha todos os envolvidos atualizados e não se esqueça: SIGA O PROCESSO.

Tenha um roteiro de entrevista

Parece desnecessário, mas garanto que não é. Para uma vaga chegamos a entrevistar 5, 7, 10 pessoas, cada uma delas com personalidades diferentes. Alguns falam mais naturalmente, outros, mais tímidos, falam menos.  Se você não fizer as mesmas perguntas para todos será mais difícil compará-los.

Tenha em mente que a entrevista não tem a intenção de discriminar participantes. Além das perguntas técnicas sobre o cargo e experiências, inclua algumas perguntas que são voltadas para você entender o comportamento desse candidato, como por exemplo: “Descreva uma situação desagradável que você teve que lidar com um cliente/fornecedor e como você resolveu” ou “Como você reage com um colega de trabalho que você não tem afinidade?”

Use um sistema objetivo de avaliação

O processo seletivo não acaba na entrevista: depois disso, o entrevistador deve listar os pontos principais das respostas dadas pelo candidato - caso contrário, todo o processo perde a validade e acaba dependente da memória e de achismos baseados no feeling. Comprovadamente, as empresas que seguem um processo seletivo rigoroso trocam muito menos de funcionários.

Incorpore um programa de boas vindas

Tenha um mecanismo que faça o novo contratado se sentir bem vindo e acompanhado para que ele tenha possibilidade de adquirir o conhecimento necessário para desempenhar bem a sua função, não importa as suas experiências anteriores, treine-o para trabalhar da forma que melhor atende o seu negócio e os seus clientes. Quando o ambiente de trabalho é positivo e acolhedor os novos contratados aprendem mais rápido e os clientes sentem menos o impacto de mudanças na equipe.

Seguindo todo as etapas do processo seletivo com a mesma atenção e carinho a todas as etapas será um grande diferencial na sua empresa, tenha certeza disso. Como já sabemos estamos no ramo das pessoas, são pessoas que fazem acontecer as boas experiências no seu negócio para as pessoas que estão lá pagando para vivê-las.

* Por Luiz Filipe Jacob, embaixador da Fispal Food Service, colunista da Fispal Food Digital e Especialista em Gestão de Restaurantes.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar