A Fispal, Vinhos

Jorge Lucki revela como ter sucesso vendendo vinhos!

Uma carta de vinhos bem-organizada pode ser uma boa ferramenta para conquistar novos clientes, além de ajudar a aumentar o valor do tíquete médio do seu cliente habitual, é o que acreditam o sócio do restaurante Peppo Cucina, Pedro Hoffmann, o diretor editorial da revista Prazeres da Mesa, Ricardo Castilho, e o jornalista especialista em vinhos, Jorge Lucki.

É preciso lembrar que não há um número certo de rótulos para a carta de vinhos, essa quantidade vai depender das características do estabelecimento. “O vinho depende do ‘sotaque’ do restaurante. Não adianta um restaurante italiano querer oferecer bebidas francesas”, explica Lucki.

Ainda de acordo com Lucki, outro fator importante para desenvolver a carta de vinhos é conhecer seu cliente e investir no “diferente”, pois não adianta oferecer no restaurante um vinho que pode ser facilmente encontrado nas prateleiras de qualquer supermercado.

credenciamento-fispal-food-service-2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *