Gestão

Restaurante de hotel: 7 dicas para melhorar o cardápio

O grande dilema do proprietário ou gestor quando vai pensar num cardápio de hotel é como atender as necessidades do seu hóspede. Essa é uma dúvida cruel e constante.

Mas você já procurou saber quais as necessidades que seu cliente tem e o que ele espera do restaurante do seu hotel? Como ele enxerga o que você tem de disponível?

Pensando em ajudá-lo a melhorar o cardápio de hotel preparamos este post. Nele, daremos algumas dicas que você poderá aplicar em seu dia a dia e fazer com que seus clientes fiquem cada vez mais satisfeitos com seus serviços.

1. Conheça o perfil do seu hóspede

O consultor Flavio Guersola, afirma que na estruturação de um cardápio para um meio  de hospedagem é importante o gestor do hotel conhecer o perfil do seu hóspede.

Segundo ele, ao saber quem frequenta o local, o empreendedor consegue entender as necessidades do seu cliente.

2. Defina a finalidade do seu hotel

Outra dica na elaboração do menu é definir a finalidade do hotel. Se você tem um empreendimento com foco no hóspede de Business onde ele está ali a trabalho ou se você hospeda pessoas apenas para descansar, é importante pensar em um cardápio específico.

“Pense seguir uma linha mais voltada para ConfortFood, com pratos mais simples sem grandes surpresas no cardápio de hotel. Esse tipo de hóspede não vem a procura de novidades, mas sim de algo para se alimentar e um local para descansar.

Entretanto, se o seu hotel é voltado para o lazer e entretenimento, seu cozinheiro pode ter uma mente mais criativa, podendo trazer pratos inovadores que geram experiências diferentes, dando ao seu cliente a oportunidade de conhecer produtos e sabores novos”, orienta.

3. Capriche nos pratos que serão servidos nos quartos

Muitos gestores de hotel têm dúvidas quanto ao que preparar para servir nos quartos. De acordo com Guersola, a montagem do cardápio deve ter uma relevância. Por isso, é importante oferecer um cardápio de hotel mais reduzido do que o restaurante costuma oferecer.

“A montagem do cardápio Room Service, ou serviço de quarto, dá trabalho e em muitos momentos traz até dificuldade na operação. Então, para resolver esse problema, você deve focar em pratos com mais venda e um cardápio mais reduzido”, enfatiza o consultor.

4. Alinhe com seu cliente o tempo de espera

Outra dica para melhorar o cardápio de hotel é alinhar o tempo de espera com o hóspede. Você deve combinar o tempo de entrega do almoço ou jantar para que o cliente se programe e não fique por muito tempo esperando.

“Tempo é dinheiro. Então, deixar um hóspede esperando pode gerar grande insatisfação. Além disso, a comida deve chegar quente no quarto e você deve estudar os trajetos dentro dos corredores do back junto ao garçom para servir a comida quentinha”.

Veja também se será necessário um carrinho com estufa para manter os pratos aquecidos ou apenas determinar que o garçom realize e entregue um pedido por vez.

5. Atraia o público externo

De acordo com o consultor, existe uma visão que restaurante de hotel é caro e só atende os hóspedes. No entanto, quem quer atender quem passa pela rua, precisa mostrar esse desejo fazendo um marketing agressivo na região primária, colocando sua equipe de venda para divulgar o restaurante do hotel nos escritórios da região.

“Você deve preparar sua equipe para esse público. Essa ação é importantíssima! Em muitos hotéis, o índice de assento por garçom é muito acima do desejado e quando o salão enche o serviço fica muito longe do esperado, afastando aqueles clientes que foram difíceis de trazer”, diz.

6. Crie uma identidade

Não deixe o restaurante do seu hotel com a aparência de um refeitório melhorado. Seu cliente precisa saber o que ele vai encontrar. Você não pode um dia servir buffet, porque tem eventos e no outro dia ter um a la carte porque o hotel está vazio.

“Neste formato você não consegue gerar uma identidade e um produto confiável. O cliente precisa se sentir seguro para retornar ao seu hotel. Portanto, é preciso você criar uma identidade para o seu negócio”, afirma.

7. Sirva um cardápio de hotel com qualidade

Na visão de Guersola, um bom cardápio de hotel deve ter qualidade e consistência. O menu deve ser visto como mais uma possibilidade que vai auxiliar o gestor a fidelizar o seu cliente e ajudar na experiência e na vivência dentro do seu próprio empreendimento.

Pensar num bom cardápio de hotel é oferecer uma comida bem preparada e variada. É pensar em atender seu público com qualidade e fazer com que as pessoas sintam vontade de se hospedarem novamente quando fizerem um novo passeio ou viagem de negócios!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *